A doutora em educação Edna Duarte de Souza, de 52 anos, viveu uma vida na Universidade Estadual de Goiás (UEG). Ela acompanhou a instituição desde o seu começo, continua nela até os dias de hoje e é otimista quanto ao futuro. Entre as várias memórias que guarda de seus alunos, as mais marcantes são as que demonstram conquistas e ascensão social. No começo dos anos 2...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários