Durante a investigação das denúncias de enriquecimento ilícito envolvendo a Afipe e a R&R Produções, um fato chamou a atenção dos investigadores: uma sequência de furtos de documentos fiscais nas duas empresas em um curto espaço de tempo, em 2010. No dia 3 de agosto daquele ano, a então gerente administrativa da Afipe, Rouane Carolina Azevedo Martins, abriu um boletim ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários