O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou que a divulgação da prova do Exame Nacional do Ensino do Médio (Enem) em redes sociais antes do término da aplicação neste domingo, 10, não causou danos. Os responsáveis, declarou, serão punidos. Weintraub classificou como “terrorismo” o vazamento da prova no primeiro dia do teste, neste domingo.De acordo com o mini...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários