Porto Seco: Justiça ordena que Anápolis reavalie certidão

A Justiça anulou ação da Prefeitura de Anápolis, que invalidou certidão de uso de solo apresentada pela Aurora da Amazônia, vencedora do processo licitatório para assumir a operação do Porto Seco. O pedido foi feito pela própria empresa, que espera assinar o contrato. O juiz Carlos…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários