Um magistrado teve o pedido de Tutela de Urgência deferido pela Justiça goiana em desfavor da Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego) ao pedir o desligamento do pecúlio, tipo de sistema obrigatório de seguro de vida, implantado em 2007. Segundo os autos, o magistrado alega que a implantação do sistema está em desacordo com as regras, pois não possui um…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários