Ex-diretores da GoiásFomento são absolvidos

O ex-presidente da Agência de Fomento de Goiás (GoiásFomento), Servito de Menezes Filho, e os ex-diretores Nelson Guerra Guzzo, Antonio Cupertino Craveiro e Maurício Porto, foram absolvidos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) pelo crime de gestão temerária, em condenação imposta pela…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários