Alunos da Universidade Estadual de Goiás (UEG) estão com medo de não terem o ano letivo iniciado por falta de professores. Na sexta-feira (7), depois de instabilidade no sistema da instituição, alguns chegaram a ser informados de que o problema teria sido resolvido, mas na maioria dos casos, o que inviabilizava as aulas é a falta de corpo docente para ministra-las. E...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários