Após recomendação do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO), o Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) decidiu suspender de forma cautelar o credenciamento de nove clínicas para a realização de exames de aptidão física e mental por suspeitas de irregularidades. Oito das clínicas afastadas tinham sócios repetidos, o que não seria permitido por decr...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários