A Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) ouviu ontem os quatro socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que realizaram o atendimento aos irmãos Kalebe de Paula Araújo, de 19 anos, e Victor de Paula Araújo, de 21 anos, mortos nesta segunda-feira (6) dentro de casa no Setor Maysa II, em Trindade, depois de uma ação policial do Batalhão de Operações Es...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários