A pandemia do coronavírus (Sars-CoV-2) fez com que a as denúncias de abuso sexual na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), em Goiânia, diminuíssem. Entretanto, isso não significa que a prática do crime também reduziu. “Caiu cerca de 20%. Não é que o abuso parou de acontecer, ele parou de ser observado”, diz a delegada titular da DPCA, Ana Elisa Gomes. A...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários