O delegado Emerson Morais de Oliveira, responsável pelo começo do inquérito iniciado em 2011 que investigava a Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) e a empresa de eventos R&R Produções por estelionato e crime fiscal, conta que foi transferido da delegacia responsável pela investigação, a Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), no meio do inquérito, s...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários