Após a Prefeitura de Goiânia sinalizar a criação de uma comissão para discutir pontos polêmicos em torno da regulamentação da exploração da atividade de transporte individual remunerado de passageiros mediante aplicativos, como Uber e 99, na capital, foi retirado de pauta o decreto de lei que buscava derrubar dois decretos do prefeito Iris Rezende (MDB) sobre o tema. A...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários