O julgamento do recurso que pede a realização do júri popular dos dois policiais militares acusados de matar e forjar um confronto no ano de 2017, em Senador Canedo, foi adiado. A audiência estava marcada para a tarde desta terça-feira (13), na Primeira Câmara Criminal, no Setor Oeste, em Goiânia. A suspensão da sessão, segundo o advogado da família da vítima,...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários