A dívida atual do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos de Goiás (Ipasgo) está perto de R$ 400 milhões. Este montante está dividido em dois, sendo que o maior deles soma mais de R$ 256 milhões e está relacionado a questões paradas na Justiça. Os outros R$ 136 milhões se referem ao déficit previdenciário e cartorário. O atual presidente do instituto, secretário de S...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários