O corpo da bebê de seis meses que morreu após ser espancada pelos próprios pais, em Trindade, na região metropolitana de Goiânia, ainda não foi retirado do Instituto Médico Legal (IML) por parentes. A avó materna da menina mora no Maranhão e está a caminho de Goiás para fazer essa liberação. A previsão é que o velório da menina aconteça nesta quinta-feira (12).  ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários