Atualizada em 21/5 às 7h45. Uma semana após informar que estava com 80% de ociosidade, a rede privada hospitalar de Goiás entra em alerta no enfrentamento à doença causada pelo novo coronavírus (Covid-19). O presidente da Associação dos Hospitais Privados de Alta Complexidade do Estado de Goiás (Ahpaceg), Haikal Helou, informou nesta quarta-feira (20) que não há ma...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários