O anúncio do governador Ronaldo Caiado (DEM) de retomar o endurecimento das medidas restritivas de atividades econômicas e sociais para que o índice de isolamento voltasse a ficar acima de 50% em Goiás não foi suficiente para fazer os goianos, por iniciativa própria, circularem menos nas ruas. O Estado apareceu novamente nesta terça-feira como o pior do País, com uma t...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários