Goiás contabilizou 34 mortes pelo novo coronavírus (Sars CoV-2) nas últimas 24 horas, maior número no período. O total de óbitos soma 363. Neste prazo, houve 1.297 casos confirmados, o segundo maior desde o início da pandemia. O total chegou a 18.926. No dia 15 de junho foram 2.350 infecções em 24 horas. As informações são do boletim da Secretaria Estadual de Saúde de Goiás (SES-GO) desta quarta-feira (24).

O boletim divulgado pela secretaria mostra ainda que 49.451 casos são considerados suspeitos e seguem em investigação. Outros 25.368 já foram descartados por não terem diagnóstico para o novo coronavírus.

O boletim da SES informa ainda que existem 44 mortes sendo investigadas e outras 388 já foram descartadas por não terem relação com a infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

Com relação ao sexo dos infectados, 9.009 são mulheres e 9.917 são homens. A faixa etária mais afetada continua sendo a que fica entre 30 e 39 anos com 5.209 casos. Em seguida aparece a faixa entre 20 e 29 anos com 4.332 confirmações e, em terceiro, 40 a 49 anos com 3.878 registros.

Do total de infectados, 1.122 informaram ter doenças cardiovasculares, 752 disseram ter diabetes, 498 relataram sofrer de algum problema respiratório e 146 disseram que possuíam algum tipo de doença ou problema de saúde que afeta a imunidade.

A SES-GO também informou que dos 246 municípios, 201 já possuem casos confirmados da Covid-19, outras 38 seguem apenas com registros suspeitos e sete ainda não tem suspeitas da infecção.