O boletim epidemiológico divulgado pela Secretária Estadual de Saúde de Goiás (SES) neste sábado (1) mostra que o Estado tem 69.679 pessoas infectadas e que 1.691 mortes foram causadas pela doença. 

Nas últimas 24 horas, o estado registrou 1.231 casos confirmados e 35 óbitos. Segundo a SES, 61.661 de pessoas em território goiano são consideradas recuperadas.

Em Goiás, há 130.075 casos suspeitos em investigação. Outros 58.819 já foram descartados.
 
Somente em julho, o Estado registrou mais de mil mortes, um crescimento de 217% no total de óbitos mesmo com decreto estadual que determinou o fechamento de atividades não essenciais por 14 dias, sendo intercalado com igual período posterior de funcionamento.

Segundo a Secretária Estadual de Saúde, Goiânia segue como o município com mais casos e mortes pela doença sendo 17.733 testes positivos e 489 óbitos. As outras cidade que completam o raking das cinco com mais registros de casos são: Aparecida de Goiânia (10.543), Rio Verde (6.447), Anápolis (2.573) e Senador Canedo (1.984).