Na manhã desta quarta-feira (8), a Prefeitura de Goiânia começou a isolar locais de treinamento e exercícios físicos e também brinquedos ao ar livre nos parques da cidade. Os primeiros locais escolhidos foram Parque Flamboyant, Vaca Brava e Areião, na Região Sul da capital. De acordo com a prefeitura, a escolha levou em conta que estes parques concentram uma grande aglomeração de pessoas. A medida, entretanto, poderá estendida a todos os 17 que possuem equipamentos e visa a diminuir a possibilidade de contaminação do novo coronavírus.

O isolamento já havia sido comunicado nesta terça-feira (7), após o poder público constatar a aglomeração de pessoas nestes locais, desrespeitando as orientações das autoridades sanitárias de prevenção ao novo coronavírus. No total, Goiânia possui 42 parques administrados pela Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma) e 17 deles têm equipamentos de ginástica e brinquedos. Trabalham na ação: guardas civis metropolitanos (GCM), auditores fiscais da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) e policiais militares.

A decisão da prefeitura atende a uma recomendação feita pela promotora Alice de Almeida Freire, do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO). No pedido, ela cita as academias e os brinquedos situados nas praças e nos parques.