Após o anúncio da chegada de 222.800 doses de vacinas contra a Covid-19 em Goiás neste fim de semana, o Secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino, relevou que o mês de maio será importante para a vacinação. É esperado o início da imunização do grupo de comorbidades, após a finalização de idosos, profissionais da saúde, forças de segurança e salvamento. O secretário estima que cerca de 616 mil goianos se enquadram no grupo de comorbidades, mas uma parcela já foi vacinada durante a etapa de imunização dos idosos. 

Veja a lista divulgada pela SES-GO neste sábado (1º):

Fase I: Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizado:

- Pessoas com Síndrome de Down, de 18 a 59 anos;

- Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise) de 18 a 59 anos;

- Gestantes e puérperas com comorbidades, de 18 a 59 anos;

- Pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos.

- Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos

Fase II: Vacinar proporcionalmente, de acordo com o quantitativo de doses disponibilizadas, as faixas de idade de 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos:

- Pessoas com comorbidades;

- Pessoas com Deficiência Permanente cadastradas no BPC;

- Gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes.

Paralelamente, professores devem receber o imunizante no mês de maio. Em coletiva de imprensa, Isamel informou que a Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO) e a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC) estão trabalhando para incluir estes profissionais, conforme orientações do Plano Nacional de Imunização (PNI).