A segunda de Carnaval de 2021 foi um marco negativo na segunda onda da pandemia do coronavírus em Goiás. É a primeira vez que a rede estadual de saúde, que atende a maior parte dos municípios, chega a um patamar tão alto de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados por pacientes com suspeita ou confirmação da Covid-19. A taxa de utilização chegou a 97% du...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários