A Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC) só deve iniciar os estudos para o cálculo oficial do reajuste da tarifa do transporte coletivo na segunda quinzena deste mês. Isso porque o presidente da companhia, Benjamin Kennedy Machado, afirma estar focado na negociação com as prefeituras da região metropolitana de Goiânia para conseguir receitas extratarifárias...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários