A certidão de óbito da doméstica Ronilza Johnson, de 46 anos, que morreu após passar por um procedimento estético no último sábado (1°), em Anápolis, apontou que uma das causas da morte foi Covid-19. Ela estava internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital de Urgências de Anápolis (Huana) desde a sexta-feira, 30 de abril. Conforme mostrado pelo P...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários