Atualizada às 15h12 deste sábado (20)

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Ceres, município do Vale do São Patrício, a 180 km de Goiânia, confirmou na manhã deste sábado (20) a primeira morte em decorrência da Covid-19 na cidade. A vítima é Ronaldo Moura, de 54 anos, que estava internado no Hospital de Campanha para o Enfrentamento ao Coronavírus (Hcamp) de Porangatu. Segundo informações da SMS de Ceres, o homem possuía problemas respiratórios e outras comorbidades, que não foram especificadas. 

Conforme apuração do POPULAR, o homem trabalhava na parte administrativa da indústria Sorvetes Vilela. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Saúde de Ceres, que disse já ter notificado o local. Funcionários do grupo de risco foram afastados, enquanto os outros colaboradores deverão fazer exames para a Covid-19.

Procurada, a empresa Sorvetes Vilela não se manifestou sobre o acontecido e sobre a notificação da SMS de Ceres, bem como as medidas que deverão ser implementadas no local. O espaço segue aberto para manifestação.

Em sua última postagem nas redes sociais, no dia 15 de junho (segunda-feira), o homem publicou a mensagem "S.O.S", código universal de socorro, e marcou como localização a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ceres.   

Conforme boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura de Ceres na noite da última sexta-feira (19), a cidade possui 38 infectados confirmados da Covid-19, 27 curados e 11 em tratamento. O município ainda conta com 7 casos suspeitos.