A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Catalão, concluiu, nesta quinta-feira (30), uma investigação sobre o uso de documentos falsos na vacinação do Plano Nacional de Imunização (PNI) para Covid-19. Ao todo, 195 pessoas foram indiciadas por crimes como falsidade ideológica, falsificação de documento particular e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários