A imprensa internacional destacou, nos últimos dias, o caso da prefeita Lidiane Leite, procurada pela Polícia Federal desde que foi deflagrada a Operação Éden. Ela é acusada de desviar cerca de R$ 15 milhões da educação de Bom Jardim (MA), uma das cidades com menor IDH do País e onde algumas escolas funcionam embaixo de árvores. Ela também administrava a cidade há 275 ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários