No último domingo (3), um casal de trabalhadores rurais foi agredido pelos patrões numa fazenda de Santa Cruz de Goiás em que trabalhavam. O homem que foi agredido diz que o patrão alegou estar ‘batizando’ os funcionários. As duas vítimas, com hematomas aparentes, registraram ocorrência na Polícia Civil de Goiás (PCGO) contra o fazendeiro e a esposa, que ainda não foram i...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários