Uma carvoaria em Rio Verde foi autuada na última quinta-feira (16), pelo Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar de Goiás por funcionar sem as licenças ambientais obrigatórias e porque havia funcionários morando no local em barracas de lona, sem acesso a água ou banheiro. Quando a equipe de fiscalização esteve na propriedade, que não te...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários