O caminhoneiro suspeito de matar um homem que curtiu uma foto da ex-companheira dele nas redes sociais e atirar no rosto dela em Nova Crixás, no Norte do Estado, se apresentou neste domingo (16) na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), em Goiânia. O homem confessou ter baleado as vítimas e alegou ciúmes como motivação dos crimes. A delegada Jocela...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários