Publicada na edição da última quarta-feira do Diário Oficial do Estado, a nomeação para o cargo de chefia da Gerência de Projetos Intersetoriais e Comunidades Tradicionais da Secretaria de Desenvolvimento Social de Goiás (Seds) foi contestada por representantes da Comunidade Calunga, formada por remanescentes de quilombos da região da Chapada dos Veadeiros, no Nordeste do ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários