Embora, de acordo com o contrato de concessão do serviço de transporte coletivo da região metropolitana de Goiânia, o reajuste da tarifa deva ocorrer anualmente, o que seria ainda neste mês, a alteração deve ser feita novamente em atraso. A previsão é que a primeira reunião da Câmara Deliberativa de Transportes Coletivos (CDTC) só ocorra em fevereiro. Uma das justifi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários