Uma corrida às farmácias, pessoas comprando caixas de hidroxicloroquina na crença da cura milagrosa para os efeitos da Covid-19 e ao mesmo tempo pacientes que usavam a medicação de forma contínua se viram em um cenário desesperador que começou em março de 2020. O medicamento, que é utilizado por pessoas diagnosticadas com lúpus entre outras doenças reumatológicas, chegou a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários