Mais 78 pesquisadores deixarão de contar com o apoio financeiro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) em Goiás após o novo bloqueio de bolsas de pós-graduação ocorrido no País. O número corresponde ao total de benefícios congelados no Estado no terceiro corte realizado pela Capes neste ano, que subtraiu 5.613 deles em todo o Brasil. Ao to...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários