A família da cuidadora de idosos, Derenice de Souza Lima, de 25 anos, denuncia que após um trabalho de parto de 15 horas, a filha que ela e o e encarregado Kleuber Lopes Cardoso, de 37, esperavam, nasceu morta por negligência médica. Derenice deu entrada no Hospital Materno Infantil (HMI), já em trabalho de parto, às 5 horas. Às 19 horas, passou por uma cesária de emergência n...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários