A família do bebê José Antonio Rinaldi, de 1 ano e 4 meses, portador de atrofia muscular espinhal (AME), espera da união um repasse para comprar o medicamento Zolgensma, que custa R$12 milhões e é considerado o mais caro do mundo, segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec). Decisão da Justiça Federal em Cuiabá garantiu o envio do recurso para iniciar o...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários