Um homem de 26 anos foi preso em Pontalina, na última terça-feira (13), suspeito de cometer crimes de estelionato e lavagem de dinheiro. O “Barão do Iphone”, como era conhecido na cidade, ostentava uma vida de luxo e viagens com o dinheiro que obtinha pela comercialização de aparelhos celulares de alto valor econômico. Por meio da Operação Bon Vivant, a Políci...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários