Aproximadamente 100 mil carteiras de cigarros contrabandeadas do Paraguai foram apreendidas no Jardim Curitiba III, em Goiânia. A carga está avaliada em R$ 500 mil.

Segundo informações da Polícia Civil (PC), a investigação durou dois meses e prendeu junto com os cigarros, Ezio Araújo Carvalho, considerado o maior contrabandista do Estado.

Ezio será apresentado na Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Cargas (DECAR) na manhã desta segunda-feira (18).