A tragédia ocorrida no colégio Goyazes, unidade de ensino particular, na Rua Planalto, no Conjunto Riviera, em Goiânia, na manhã desta sexta-feira (20) que deixou dois adolescentes mortos e outros quatro feridos após o tiroteio, abalou a capital. O suspeito havia levado para a escola, em sua mochila, uma arma de fogo calibre .40 de uso restrito da PM que pertence a...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários