“Quando comecei a receber as mensagens, foi um incentivo a mais. Achei uma iniciativa bem interessante porque, além do apoio dos nossos pais, a gente precisa do apoio da escola também. Ver que o Estado se preocupou é muito valioso”, conta Luyza Fernanda Mendonça da Silva, de 17 anos, que cursa a 2ª Série do Ensino Médio no Colégio Estadual Doutor Genserico Gonzaga Jaime, ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários