Um homem foi preso pela Polícia Militar de Aparecida de Goiânia suspeito de cometer crime de assédio sexual enquanto se passava por pastor. De acordo com registro da Polícia Militar, o falso pastor foi recebido para um culto religioso na casa de uma mãe com duas filhas, de 12 e 8 anos. Ele poderá ser indiciado por estupro de vulnerável e importunação sexual.  Segundo o rela...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários