O funileiro Nelson Araújo, de 48 anos, batizado pelos policiais de 'Wolverine', foi liberado após prestar depoimento depois de ameaçar um sobrinho, a mulher dele e policiais militares com "garras" feitas de espeto de churrasco, na quarta-feira (4), em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Na delegacia, ele disse que estava arrependido e afirmou que tudo não passou de uma...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários