Depois de ser atropelado em Mineiros, um lobo-guará teve que amputar a pata esquerda dianteira. O animal foi resgatado por voluntários e encaminhado para tratamento em Anápolis. Segundo o médico-veterinário Rafael Nassar, a amputação foi a única solução para o lobo-guará que recebeu o nome de Amendoim. Por dois meses, o animal, que tem menos de um ano, passou por um...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários