Atualizada às 17h21

Os moradores de Anápolis enfrentam falta de água nesta segunda-feira (19), após o temporal do último domingo (18). A queda de energia, que durou mais de 12 horas, afetou o abastecimento de água do Sistema Piancó 1 e 2 e a Estação de Tratamento de Água. Segundo a Saneago, caso não ocorram mais quedas na energia, o abastecimento total do sistema será retomado até a noite de hoje.

A Saneago afirma que investe em um conjunto de melhorias operacionais desde o final do ano passado, mas as 'sucessivas e prolongadas' quedas de energia elétrica provocaram a paralisação do abastecimento no município.

O órgão diz que a falta de energia afeta diretamente o fornecimento de água, pois o bombeamento de água depende de energia e as quedas prejudicaram o funcionamento do Sistema Supervisório, que é totalmente automatizado e fornece informações essenciais para acompanhar o serviço.

Em nota ao POPULAR, a Enel Distribuição Goiás afirma que não houve registro de falta de energia na ETA de Anápolis no domingo (18) e que a interrupção no fornecimento de energia do Sistema Piancó teve duração aproximada de 2h30. Veja a nota completa: 

A Enel Distribuição Goiás esclarece não houve registro de falta de energia na ETA de Anápolis no domingo (18) e que a interrupção no fornecimento de energia do Sistema Piancó teve duração aproximada de 2,5 horas, e não de mais de 12 horas, como informado na matéria. A companhia informa que, na noite de ontem, chuvas com raios e fortes ventos atingiram a região de Anápolis e danificaram um trecho da linha de distribuição de alta tensão que abastece a Subestação Anápolis Universitária, interrompendo o fornecimento de energia para alguns clientes de Anápolis, Corumbá, Alexânia e Cocalzinho. Além disso, um raio atingiu um dos transformadores da subestação, provocando defeito de alta complexidade que exigiu a troca do equipamento. No caso da Saneago, entretanto, a interrupção teve início às 17h24 e a normalização do fornecimento aconteceu às 19h58 do mesmo dia.