Entre os amigos e colegas de profissão de Marcus Aprígio Chaves e de Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, a possibilidade de assassinato de ambos ter relação com a advocacia ganha força. Amigos dizem que eles trabalhavam em um processo agrário milionário, movido em uma cidade do Norte goiano. O advogado e ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Goiá...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários