O agente de segurança educacional ferido durante um motim no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Goiânia, no Setor Jardim Vera Cruz I, na manhã desta segunda-feira, 29, conta que a situação dentro da unidade é de insegurança e está insustentável. Ele relatou a violência que sofreu para a reportagem, mas prefere não se identificar.  De acordo com o ...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários