Atualizada às 22h A Associação Filhos do Pai Eterno (Afipe) doou um projeto urbanístico que influenciou diretamente nas alterações do Plano Diretor de Trindade em 2017, que por sua vez beneficiou áreas pertencentes à entidade religiosa. O documento teria custado R$ 210 mil, segundo empresa de arquitetura responsável por ele. Na época, o então diretor-presidente...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários