Um adolescente de 14 anos, que aguardava consulta no Pronto Socorro Psiquiátrico Wassily Chuc, em Goiânia, pegou o revólver de um agente prisional e fez disparos dentro da unidade de saúde, na tarde desta quinta-feira (28). O garoto, que faz tratamento contra dependência química, teria pegado a arma para tentar fugir. O vigilante fazia a escolta de outro paciente quando...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários