Foi prorrogado o prazo de trabalho da força-tarefa, composta por 20 policiais civis da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH), que investiga a morte do menino Danilo de Sousa Silva, de 7 anos. Em nota, divulgada na manhã desta sexta-feira (31), a Polícia Civil informa que já identificou os suspeitos do crime e trabalha com mais de uma linha de investigação. Segundo inform...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários