Em 30 de abril, um adolescente de 17 anos atirou contra o professor Júlio César Barroso de Sousa, de 41 anos, coordenador do Colégio Estadual Céu Azul, em Valparaíso de Goiás, cidade no Entorno do Distrito Federal (DF). O rapaz, que confessou o crime à Polícia Civil, era estudante da unidade e desferiu quatro tiros contra o docente, que foi atingido duas vezes - nas cos...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários